A WSCN criou uma rede de cooperação que une várias cidades do surf que estão a dar cartas no momento.

Desde Gold Coast a Durban, as 10 cidades envolvidas no projeto unem-se sob uma mesma estratégia: o desenvolvimento do surf como uma atividade sustentável. Viana é World Surf City desde 2014, e a par de Arica, San Sebastián, Durban, Ericeira, Gold Coast, Las Palmas, Newcastle, New Plymouth, e Santos, atua em 4 campos de ação:

-Promoção: As cidades membro, têm como objetivo desenvolver uma estratégia conjunta para a promoção e comunicação da WSCN, assim como organizar eventos de surf, nestas cidades. E é neste contexto em que se insere a Assembleia Geral Global, que em cada ano se realiza numa cidade para promoção nacional e internacional, não só da mesma, mas do projeto;

-Cooperação entre empresas: A cooperação entre os negócios e companhias de surf das cidades membro são incentivados: desde a partilha de bases de dados, à distribuição de produtos, às missões empresariais, ao financiamento conjunto internacional de projetos; -Boas práticas: Nas conferências World Surf Cities é promovida a partilha de boas práticas e comportamentos, no surf, e intercidades. Promovidos muitas vezes através de intercâmbios.

-I+D+i: Faz parte da WSCN um observatorio conjunto de surf, para identificar novas tendências. São desenvolvidos estudos para medir o impacto da indústria do surf em cada cidade, e postos em marcha programas de intercâmbio para investigação, em empresas das cidades membro. E neste âmbito desenvolvem-se novos instrumentos para promoção do turismo de surf, e negócios associados.

www.worldsurfcitiesnetwork.com